sexta-feira, 29 de agosto de 2014

SÃO TIMÓTEO TEM DIA QUENTE


O distrito de São Timóteo está tendo um dia atípico em relação aos últimos meses. Depois de muitos frio e ventos a população começa a enfrentar o forte calor que é típico para esta época do ano.
A temperatura por volta do meio dia está na casa dos 33º C, com tempo firme, sem nuvens, umidade relativa do ar por volta dos 25% e ventos com intensidade muito baixa, o que faz com que a sensação térmica fique maior. A temperatura máxima hoje pode chegar até os 36º Celsius. 

ESCALAÇÃO DA ARBITRAGEM PARA A 13ª RODADA

FOTO: Rony Castro
13ª Rodada - Dia 31 de agosto de 2014. 

MANHÃ

VÁRZEA D’ ÁGUA X ITANAGÉ

GILDÃO /  MANOEL / DINGA  / NÊM

VÁRZEA DE DENTRO X TAMBORIL

MACINHO /  LUIS CARLOS / TORRÔ / RONY

RIACHO DA SALINA X LOURENÇO

SEU BÁ  / BICO / DIM  / ZE ROMEU

COVAS 04 X VARZINHA

CARLÃO / LUCAS / JANILSON / LÉO

TARDE

SANTA CRUZ X  SÍTIO NOVO 

KAU / TORRÔ / LUIS CARLOS / RONY

VÁRZEA DOS REIS  X  MALHADA GRANDE

MACINHO / ALAN / CARLÃO / ZÉ ROMEU

NADO DE CIMA X PATOS 

SEU BÁ / LUCAS / BICO  / PENTIADO

NADO DE BAIXO X ROCINHA

PÃO / JANILSON / DIM / LÉO

PINTOS X PIÇARRÃO

GILDÃO / DINGA / MANOEL / NÊM 

FONTE: LDL

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Mais um empecilho na emancipação de Iguatemi

FOTO: Reprodução
A presidente Dilma Rousseff vetou integralmente o projeto de lei aprovado no início do mês pelo Senado que definia critérios para criação, emancipação e fusão de municípios. A decisão foi publicada na edição desta quarta-feira (27) do “Diário Oficial da União”.
A proposta havia sido elaborada após Dilma vetar integralmente, no ano passado, uma proposta semelhante, sob o argumento de que aumentaria as despesas públicas. Diante da ameaça de derrubada do veto pelo Congresso Nacional, a base aliada no Senado elaborou um novo texto, em acordo com o governo federal, tornando mais rigorosos os critérios para a emancipação de municípios.
Na justificativa do veto, dirigida ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), a chefe do Executivo federal afirmou ter consultado o Ministério da Fazenda sobre os possíveis efeitos da nova legislação. De acordo com Dilma, a pasta apontou que, embora negociado entre o governo e os parlamentares, o texto aprovado pelos congressistas geraria despesas para custear a criação dos novos municípios, mas não condicionava as emancipações ao aumento de receitas.
“Ouvido, o Ministério da Fazenda manifestou-se pelo veto ao projeto de lei complementar pelas seguintes razões: Embora se reconheça o esforço de construção de um texto mais criterioso, a proposta não afasta o problema da responsabilidade fiscal na federação. Depreende-se que haverá aumento de despesas com as novas estruturas municipais sem que haja a correspondente geração de novas receitas”, informou a presidente.
Com a decisão, o veto da presidente deverá ser analisado pelo Congresso em sessão conjunta da Câmara e do Senado. Os parlamentares poderão manter o veto ou derrubá-lo.
O texto enviado pelo Congresso Nacional ao Palácio do Planalto no início do mês previa a exigência de 20 mil habitantes para a criação de municípios nas regiões Sul e Sudeste, 12 mil, no Nordeste, e 6 mil, no Centro-Oeste e Norte. A expectativa era de que fossem criados 200 novos municípios nos próximos cinco anos com as novas regras.
Conforme a redação do Legislativo, não haveria exigência de tamanho mínimo para a emancipação dos municípios. De acordo com a proposta, o primeiro passo para a criação de um município seria a apresentação, na Assembleia Legislativa, de um pedido assinado por 20% dos eleitores residentes na área geográfica diretamente afetada, no caso da criação ou desmembramento.
Após o pedido, a Assembleia teria que coordenar um "estudo de viabilidade" do novo município, que deveria comprovar, por exemplo, se na região havia condições de arrecadação suficientes para sustento próprio.
Além disso, um plebiscito deveria ser realizado e, se a maioria da população aprovasse a criação do município, a Assembleia elaboraria e votaria uma lei estabelecendo o nome e limites geográficos. A instalação do município se daria oficialmente com a posse do prefeito e vice-prefeito.
Fonte: G1

Resultado parcial da III Gincana da Independência


1º - EQUIPE AMARELA - 400 pontos
2º - EQUIPE BRANCA    - 310 pontos
3º - EQUIPE AZUL      -      270 pontos
4º - EQUIPE VERDE      -   240 pontos


terça-feira, 26 de agosto de 2014

Sessão legislativa discute reformulação do conselho municipal de saúde

FOTO: ASSESSORIA DA CÂMARA

Da Assessoria
Durante a sessão legislativa do último dia 22 de agosto, os vereadores discutiram o Projeto de Lei nº 43/2014, de autoria do executivo municipal, que autoriza o chefe do poder executivo municipal alienar bens. Ao total, o projeto prevê a alienação de 20 veículos, que se encontram em situação precária que passariam da categoria de indisponíveis para inservíveis.
De acordo com o texto do projeto, a alienação será realizada a partir da avaliação prévia e licitação de acordo com a lei 8666. O projeto foi encaminhado para a Comissão de Justiça e Redação para exame e emissão de parecer.
Foram encaminhados para o executivo as indicações de autoria do vereador José de Araújo de construção de Postos de Saúde nas localidades de Itapicuru dos Batistas, Várzea D’Água e Sapato apresentada na sessão legislativa do dia 08.
Ainda na sessão foi aprovada a indicação do Vereador Uilton Nunes Dourado que indica a instalação da numeração das residências nas ruas do Bairro Estocada.
A principal pauta do dia, foi o projeto que dispõe sobre a reformulação da composição e a estrutura do Conselho Municipal de Saúde do município de Livramento de Nossa Senhora. O vereador Paulo Lessa falou sobre a iniciativa. “ O projeto visa normatizar o Conselho Municipal de Saúde, uma vez que a legislação em vigor vem exigindo a adequação da composição do conselho. Quero aqui também parabenizar as pessoas que promoveram esse projeto de lei, pela preocupação de anexar as recomendações do Ministério da Saúde, para que possamos cumprir as normas constitucionais, dando tranquilidade para gente votar e aprovar", comentou, “Precisamos dar condições para que os conselhos seja organismos cada vez mais fiscalizadores”, complementou. Lessa falou ainda sobre o recapeamento asfáltico das principais vias do centro da cidade. “Minha geração viveu a expectativa que a cidade pudesse ter duas coisas: Uma sinaleira para regularizar o trânsito e o asfalto que em Livramento nós não tínhamos sequer uma rua verdadeiramente asfaltada, uma reivindicação antiga dos livramentenses que graças ao esforço do prefeito se torna realidade”, concluiu.
Os vereadores Márcio Alan Dourado e Paulo Lessa parabenizaram a secretária de saúde, pelo empenho na campanha do Mutirão da Catarata, no qual o município de Livramento realizou a maior mobilização regional para a realização do mutirão. Márcio Alan destacou ainda outras campanhas de saúde que o município atraiu, ao exemplo da mutirão odontológico que atende aos quilombolas e o mutirão da mama para prevenção do câncer de mama.
O vereador José vital parabenizou o colega José de Araújo pela passagem de seu aniversário e o prefeito pelas obras do asfalto no município. O vereador Marilho relatou o problema do perímetro irrigado do Rio brumado e destacou ainda solicitações do seu mandato para a reforma do perímetro e a manutenção do canal.
Mais uma vez o vereador Aparecido Lima fez uso da palavra para criticar a ausência de convocação de professores aprovados no último concurso público em detrimento da manutenção de contratados que estão exercendo a função nas escolas de Iguatemi. Lembrou ainda que a comunidade está há cinco dias sem água por conta de um dano na bomba do dessalinizador.
O vereador Quiquinha de Moreira fez uso da palavra destacando a precária situação do prédio escolar que funciona como sede da Associação de Mulheres de Lagoa da Pedra. Lembrou que o espaço tem diversas utilidades, entre elas: missas comunitárias, o programa todos pela alfabetização, cultos, reuniões do pronaf, campanha de vacinas e sequer dispõe de um banheiro com condições de uso no prédio, 
O vereador Antônio Luís disse que está encampando a luta por uma Universidade em Livramento e apresentou ofícios encaminhados para os deputados federais Alice Portugal e Afonso Floresce para incluir Livramento no projeto da Universidade Federal da Chapada Diamantina. Antônio Luís criticou ainda mais uma vez a demora na instalação do sac em Livramento, que segundo ele, espera apenas a alocação de um espaço pelo município para que entre em funcionamento.

Secretário de Educação visita escolas do distrito de São Timóteo

FOTO: Reprodução
O Secretário de Educação Rafael Messias Tanajura visitou no dia de hoje (26) as escolas do Mucambo (Unidade Escolar Joaquim Alves de Oliveira) e a Unidade Escolar Barão de São Timóteo. A vista faz parte da programação do atual gestor de educação, na qual já tem ido nas outras instituições de ensino do município no decorrer deste ano letivo.
Entre os vários objetivos deste encontro com alunos, professores e diretores, o principal tem sido sentir como vai o andamento das Unidades de Ensino e ouvir as reivindicações da comunidade escolar, que por sinal não são poucas.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Classificação atualizada do Campeonato Rural


APLB divulga Carta Aberta e deixa claro a possibilidade de greve


A APLB-Sindicato, legítimo representante e defensor dos interesses coletivos dos educadores da rede pública do Município de Livramento, defensores intransigentes da educação democrática, pública, laica e de qualidade socialmente referenciada em todos os níveis, dirigem-se aos Senhores pais e alunos da rede pública municipal de Livramento para dar conhecimento das reivindicações dos profissionais da educação deste município.
Esclarecemos que essa iniciativa já vem sendo praticada por acreditar que a adoção de um projeto nacional de desenvolvimento soberano passa pela educação voltada para a formação de cidadãos capazes de atuar coletivamente, inseridos numa concepção de educação que favoreça uma analise crítica da realidade e que resulte em ações concretas de exercícios da cidadania, na perspectiva da construção de uma sociedade justa e igualitária.
Ressalte-se, também, que a APLB-Sindicato implementa a luta econômica intrinsecamente ligada à luta política e ideológica e que os educadores, por serem agentes facilitadores do processo ensino e aprendizagem, devem utilizar o ambiente da escola como espaço democrático de reflexão, contribuindo para a formação do aluno como cidadão e protagonista na construção da sua própria história, da sua comunidade, do seu país.
Nesse momento de efervescência política em que vive o nosso país em função das eleições nacional e estadual, a APLB-Sindicato não poderia se eximir de cumprir o seu papel de suscitar o debate, motivando os educadores e a comunidade escolar a discutir sobre as eleições, levando-os a refletir sobre o significado do voto consciente e a importância da politica nas suas vidas. Este é o momento oportuno para as ligações de civismo.
Para tanto, entende a APLB-Sindicato que os postulantes aos cargos de Presidente e Governador do estado da Bahia, precisam elaborar os programas de governo cujas politicas e estratégias devem estar coadunadas com os interesses das cidades e dos servidores. Assim, a mobilidade, transporte, educação, cultura, meio ambiente, saúde, lazer, moradia, urbanização, uso e ocupação do solo, saneamento básico, limpeza urbana, são questões fundamentais que devem ser viabilizadas nas políticas públicas como direitos dos brasileiros e baianos a uma melhor qualidade de vida.
Nesse contexto, a educação, dada à precariedade em que se encontra, clama por uma atenção especial, no sentido da garantia efetiva da sua verdadeira quantidade, pois é imprescindível que sejam cumpridos os seus objetivos básicos no que diz respeito aos direitos e responsabilidades de todos os indivíduos envolvidos no processo ensino e aprendizagem.
Neste sentido, a APLB-Sindicato, em nome de todos os profissionais da educação deste município, apresenta aos Senhores Pais e Alunos a presente CARTA contendo as suas principais reivindicações para conhecimento dos senhores. A concordância na sua integra será a demonstração do espirito democrático, do compromisso com a educação de qualidade, do respeito aos educadores e do cuidado com as crianças desde a primeira infância, aos jovens e adultos que frequentam as escolas da rede municipal.
Reivindicamos:
Discutir um projeto de Educação emancipadora para o Município de Livramento que deverá ser reavaliado através de uma Mesa de Negociação que conte com a participação dos profissionais da educação e representantes da Administração Pública, com vista a Cumprir e Revisar o Plano de Carreira dos Profissionais da Educação (Lei Municipal 1.169/11) amplamente discutido com a categoria, cumprindo e ampliando os direitos desses profissionais:
Cumprir o Plano de Carreira dos Profissionais da Educação (Lei Municipal 1.169/11)                                                                        

1-MANTER a politica salarial cumprindo a Lei nº 11.738/2008 – Piso Salarial Profissional Nacional com o pagamento do retroativo.
2-NOMEAR Diretores e Vice-Diretores de todas as escolas e creches municipais, com professores ou pedagogos pertencentes ao quadro de magistério como prevê Lei Municipal 1.169/11, Cap. XVl, Art. 66. 
3-PARTICIPAÇÃO urgente nos Conselhos do FUNDEB, EDUCAÇÃO e CAE garantindo a representatividade da categoria com professores indicado em Assembléia especifica da Categoria, além da Comissão Permanente de Avaliação e da Comissão de Enquadramento.
4-ALTERAÇÃO da jornada de Trabalho de 20 para 40 horas para professores com mais de 5 (cinco) anos em regime especial ou seja desdobramento em regência de classe.
5-GARANTIR a mudança de Classe de todos os Professores que concluíram o curso de Licenciatura Plena em Universidades Públicas e ou Faculdades Particulares que estão em regência de classe no Ensino Fundamental l com Habilitação Específica para o Fundamental ll, mas não possui vagas de regência no curso de sua formação.                                                        
6-GARANTIR os incentivos da Progressão Vertical e da Horizontal (Nível e Qualificação Profissional) como estabelece a Lei Municipal 1.169, Cap. Vlll, Art. 29 a 33.
7-GARANTIR as Licenças Prêmios como estabelece a Lei Municipal 1.169/11, Cap. Xlll, Art. 53, § 5º, implantando critérios de fruição.                                
8-CUMPRIR a Lei Municipal 1.169/11, Cap. ll, Art. 13 e o dispositivo constitucional que garante o ingresso exclusivamente através de Concurso Público de Provas e Títulos.                                                           
9-ASSEGURAR estabilidade, bem como o devido enquadramento de todos os professores que se encontram em quadro de extinção assegurando os diretos de avanços na carreira, amenizando as percas aplicadas a estes servidores até hoje como estabelece a Lei Municipal 1.169, Art. 91 a 94.

Revisar o Plano de Carreira dos Profissionais da Educação (Lei Municipal 1.169/11)                                                                         

1-ADICIONAL ANUAL DE TEMPO DE SERVIÇO com 1% (um por cento) como incentivo a cada ano de efetivo exercício.
2-AUXILIO ALIMENTAÇÃO para os trabalhadores em educação com 40 horas para atender o curto intervalo de um turno para outro, levando muitos a se alimentar fora de sua residência.  
3-LICENÇA PECÚNIA em substituição a Licença Prêmio para assegurar o cumprimento dos 200 dias letivos.
4-ABONO PERMANÊNCIA após tempo de contribuição que impede os professores de se aposentar em caráter especial devido o Fator Previdenciário.
5-CONVÊNIO DE ASSISTÊNCIA MÉDICA HOSPITALAR para todos os servidores, cujos recursos para sua operacionalização constará na proposta da Lei Orçamentária Anual para o ano de 2015.
6-ELEIÇÕES DIRETAS PARA DIRETOR E VICE-DIRETOR de todas as escolas e creches municipais, com professores ou pedagogos pertencentes ao quadro de magistério, democratizando as Gestões Escolares.
7-ADERIR AO PROGRAMA DO PROFUNCIONÁRIO conforme prevê o Decreto  7.415 de 30 de dezembro de 2010 que institui a política  nacional de formação dos profissionais da educação básica  e dispõe sobre a formação inicial em  serviço dos funcionários da escola.                                                                 
8-OFERECER merenda escolar de qualidade e em quantidade suficiente contribuindo, assim, para o crescimento e desenvolvimento da criança na primeira infância, demais crianças e adultos estudantes, aumentando a aprendizagem e o rendimento escolar.                                                       
9-CRIAR um Órgão Colegiado para fiscalizar as ações Previdenciárias do Poder Público Municipal evitando prejuízos na aposentadoria.

A APLB-Sindicato, convicta de que os Senhores pais e alunos da rede pública municipal de Livramento se empenharão em apoiar as proposições aqui apresentadas, visando atender às necessidades educacionais do povo desta cidade e aos anseios dos profissionais de educação, deixamos claro a possibilidade de uma Greve até que nossas reivindicações sejam atendidas.

Subscreve, atenciosamente,
Livramento, 20 de agosto de 2014.

Marilúcio Santos Marques
Diretor em exercício


Resultado dos jogos deste domingo



VÁRZEA 0 X 2 PINTOS
 PIÇARRÃO 1 X 1 MONTEIRO
 BARRINHA 1 X 0 ALVES
 LAGOA COMPRIDA 4 X 1 SÃO TIMÓTEO

 MONTE OLIVEIRA 2 X 0 TABULEIRO
 JACARÉ 3 X 0 RIO ABAIXO
 IGUATEMI 1 X 6 MATINHA
 ITAGUAÇÚ 4 X 0 PERNAMBUCO

terça-feira, 19 de agosto de 2014

PSF de São Timóteo começou a Campanha contra Hanseníase e Verminose


O PSF de São Timóteo começou ontem (18/08) a Campanha contra Hanseníase e Verminose nas escolas do distrito. As  primeiras crianças e adolescentes atendidos foram os alunos da Unidade Escolar Joaquim Alves de Oliveira (Mucambo) e hoje os estudantes da Unidade Escolar Barão de São Timóteo. A administração da medicação está sendo ofertada para os alunos de 05 a 14 anos das escolas públicas como tratamento e prevenção de verminose tendo o acompanhamento da enfermeira Claudia Dourado.

Poste está prestes a cair e causar acidente em São Timóteo


Depois de ser atingido por um veículo desgovernado na madrugada de domingo (17/08), um poste da rede elétrica de uma das principais ruas que dá acesso à praça da igreja está prestes a cair e provocar danos à pessoas ou às residências próximas.
Um dos representantes locais já foi informado sobre o assunto e disse procurar a companhia de energia elétrica responsável na cidade de Brumado, mas até o momento o problema não foi resolvido e o poste continua no local com uma pequena inclinação e com os ferros de sua estrutura contorcidos e à mostra como pode ser visto nas imagens.